Segunda-feira, 24.08.09

Prioridade à requalificação urbana de bairros críticos e da rede escolar  

O Município da Amadora apresentou, durante o ano de 2008, um conjunto de candidaturas para financiamento comunitário no âmbito do QREN / POR Lisboa (2007 – 2013). Segue-se a caracterização sumária dos projectos que, tendo sido objectos de homologação, registaram a celebração de Contrato / Protocolo de Financiamento.
 
 “Zambujal Melhora!”
 
Prevendo-se que decorra entre o 1º Trimestre de 2009 e o 4º Trimestre de 2011, esta operação envolve um total de três entidades beneficiárias: Município da Amadora, Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana e Escola Intercultural das Profissões e do Desporto da Amadora.
 
Nos termos do respectivo Protocolo de Financiamento, “O Programa “Zambujal Melhora!” tem como objectivo geral iniciar um processo de requalificação do Bairro do Zambujal, aproveitando a oportunidade para alavancar um processo de mudança e desenvolvimento social. O Bairro Zambujal é uma área crítica urbana inserida no Município da Amadora, numa das zonas de maior atractividade para a localização de grandes empresas de distribuição e serviços. (.../...)  Os objectivos específicos do programa são: recuperação e melhoramento do edificado, de arruamentos, pavimento, mobiliário urbano, sinalização, estacionamento e parque infantil, recuperação de espaços verdes, arborização, eliminação de barreiras arquitectónicas, ligações pedonais e várias do bairro, limpeza das margens da ribeira de Algés, reconversão de 2 campos polidesportivos e criação de um espaço oportunidade.”
 
Nos termos da Candidatura apresentada e do respectivo Protocolo de Financiamento, assinado a 22 de Julho de 2008, a concretização desta intervenção poderá atingir um custo total de 7.113.232,00 €, dos quais 31 % são financiados pela CMA (2.217.404,92 €), 49% pelo IHRU (3.500.000,00 €) e 20% através do FEDER (1.395.827,08 €).
 
“Escola Básica de Vila Chã”
 
A presente operação, submetida ao Regulamento especifico de Acesso relativo à “Requalificação da Rede Escolar de 1º Ciclo do Ensino Básico e da Educação Pré-Escolar”, perspectiva-se para o período compreendido entre 13 de Junho de 2007 e 31 de Julho de 2009.
 
Nos termos do respectivo Contrato de Financiamento, “a operação visa a construção de escola básica com valência de primeiro ciclo com 18 salas e pré-escolar com 4 salas. A construção deste equipamento vai permitir a substituição da E.B. 1 Aprígio Gomes e da E.B. 1 Mina d’Água, escolas que já não apresentam condições adequadas de funcionamento, quer em termos quantitativos quer em termos qualitativos.”
 
Prevê-se que a construção deste centro escolar venha a beneficiar um total de 532 alunos, estimando-se um custo total de 2.872.942 €. Apenas 28% do investimento previsto será suportado pelo FEDER, suportando a Autarquia os restantes 72%, a que corresponde a um esforço financeiro de 2.080.202,29 €.
 
“Escola Básica da Mina”
 
Esta operação, submetida ao mesmo Regulamento da anterior, perspectiva-se para o período compreendido entre 1 de Janeiro de 2009 e 31 de Agosto de 2009.
 
Nos termos do respectivo Contrato de Financiamento sem Adiantamento, “a operação visa a construção de escola básica com valência de primeiro ciclo com 8 salas e pré-escolar com 2 salas. A construção deste equipamento vai permitir a substituição da actual E.B. 1 Mina, escola que já não apresenta condições adequadas de funcionamento, quer em termos quantitativos quer em termos qualitativos.”
 
Prevê-se que a construção deste centro escolar venha a beneficiar um total de 242 alunos, estimando-se um custo total da ordem dos 2.825.970,70 €, 21% dos quais suportados pelo FEDER (600.000,00 €). Também este projecto requer da Autarquia um esforço financeiro acrescido, de cerca de 79% do investimento (2.225.970,70 €).
 
“Elaboração da Carta de Ruído Branco”
 
Enquadrada no Eixo 2 – Sustentabilidade Territorial, prevê-se a sua realização para o período compreendido entre 1 de Julho de 2008 e 30 de Julho de 2010.
 
Nos termos do respectivo Contrato de Financiamento, prevê-se “a actualização do mapa de ruído do Concelho da Amadora, nomeadamente na sua actualização quanto ao tipo de cartografia, actualização de cérceas e articulação com o Decreto-Lei nº 09/2007. Para a concretização do projecto torna-se necessária a aquisição de meios técnicos como software de mapeamento de ruído, sonómetro, material informático para o processamento e impressão.”
 
O montante máximo de comparticipação financeira a conceder pelo FEDER, no âmbito do aludido Contrato, é de 43.858,00, correspondente a 50% da despesa total elegível aprovada. Neste contexto, as despesas elegíveis da operação assumem um valor global de 87.716,00 €.
 

Texto publicado na Revista Metrópoles nº 26 

 

RFaria



publicado por r às 18:38 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27.05.09

 

O Município da Amadora vai assinar um Protocolo com a Fundação da Assistência Médica Internacional (AMI) e o Pingo Doce – Distribuição Alimentar, S.A. relativo à Recolha Selectiva de Óleos Alimentares Usados, integrado nas comemorações do Dia Mundial do Ambiente, que terá lugar no dia 5 de Junho de 2009, pelas 11 horas, no Auditório Municipal (edifício dos Paços do Concelho).
 
VANTAGENS NA RECOLHA DE ÓLEOS ALIMENTARES USADOS
 
A inadequada gestão dos óleos alimentares usados passa na maioria das vezes pela sua descarga na rede de colectores de águas residuais, situação que acarreta impactes ambientais negativos.
 
Esta situação tem repercussões quer ao nível do entupimento das tubagens, quer nas características do águas residuais recebidas nas ETAR’s, verificando-se um acréscimo nos níveis de Sólidos Suspensos Totais (SST), Carência Química de Oxigénio (CQO) e Carência Bioquímica de Oxigénio (CBO) das águas a tratar.
 
Este facto irá reflectir-se num custo acrescido na separação dos óleos e das gorduras e num aumento dos consumos energéticos necessários para o seu tratamento.
 
Consequentemente, a implementação de um sistema de recolha selectiva dos óleos alimentares usados com vista ao seu encaminhamento para um operador de gestão de resíduos, devidamente licenciado para o efeito, traduzir-se-á em benefícios em termos ambientais, de saúde pública e económicos.
 
Importa ainda referir que a valorização de óleos alimentares usados na produção de biodiesel, uma energia alternativa, constitui um contributo para a redução do aquecimento global do planeta e para o cumprimento da Directiva n.º 2003/30/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 8 de Maio de 2003, relativa à promoção da utilização de biocombustíveis ou de outros combustíveis renováveis nos transportes.
 
Nesse sentido e, no contexto do exposto anteriormente e na sequência do trabalho que a autarquia tem vindo a desenvolver na senda da sustentabilidade e da melhoria da qualidade ambiental, a Câmara Municipal da Amadora propõe-se a implementar um projecto de recolha selectiva dos óleos alimentares usados produzidos pelos Munícipes do Concelho da Amadora.
 
Assim, a presente proposta de intervenção pressupõe uma solução integrada que passa pela criação de uma rede de 50 contentores de grande capacidade para a deposição dos óleos alimentares usados produzidos nos lares dos Concelho a colocar maioritariamente em locais públicos, bem como pela disponibilização de 15.000 recipientes individuais a distribuir pela população, nomeadamente pelas associações de idosos e pelos alunos das Escolas Básicas do Concelho com a colaboração das Juntas de Freguesia. A par da distribuição do equipamento serão desenvolvidas campanhas de sensibilização e divulgação do projecto.
 
De modo a estimular a participação dos munícipes do Concelho, será importante que o equipamento a adoptar quer em termos de utilização colectiva, quer individual, seja atraente e permita uma utilização cómoda e limpa.
 
EQUIPAMENTOS
 

 

Este modelo é constituído por 2 contentores (um contentor interior de armazenamento, com capacidade de 200 litros e um contentor exterior de protecção em polietileno). Possui tampa de carga, funil e visor indicador do nível armazenado e de pressão, permitindo a recolha do resíduo por sucção. Cada contentor possui uma armação metálica acoplada ao contentor com um painel informativo, que poderá ser utilizado para inclusão das regras de utilização e indicação dos parceiros envolvidos.
 
O modelo de gestão em estudo pressupõe que sejam aliadas três vertentes: ambiental, económica e social.
 
Tal passará pela celebração de um protocolo de colaboração com uma associação sem fins lucrativos – a Fundação de Assistência Médica Internacional, no sentido de adoptar uma estratégia que proporcione a recolha selectiva dos óleos alimentares usados produzidos pelos munícipes do Concelho da Amadora, a sua deposição em contentores específicos a colocar em vários locais públicos, sendo as receitas a obter pela recolha e valorização de cada litro de óleo alimentar entregues à AMI para o desenvolvimento dos seus projectos e causas humanitárias, pelo que este projecto contará com uma forte componente de solidariedade social associada.
 
A AMI é uma Organização Não Governamental portuguesa, fundada em 1984, com carácter humanitário, destinada a intervir em situações de crise e de emergência em qualquer país, a desenvolver missões de apoio ao desenvolvimento, bem como projectos de acção social em Portugal.
 
Em 2004 esta Organização definiu o Ambiente como o seu quarto pilar de intervenção, pelo que tem vindo a desempenhar um papel participativo através do desenvolvimento de projectos que promovam as boas práticas ambientais, sendo exemplo disso o projecto de recolha e reciclagem de radiografias e de consumíveis informáticos, a que se vem juntar mais recentemente a recolha dos óleos alimentares usados.
 
Assim, para a implementação deste projecto, estima-se que seja necessário um valor, em termos de equipamento de deposição, de 93.700€ (sem IVA), distribuído da seguinte forma:
  • Aquisição de 50 contentores para a deposição colectiva de óleos alimentares - 40.000€;
  • Aquisição de 15.000 recipientes para a deposição individual de óleos alimentares - 53.700€.

RFaria


ETIQUETAS:

publicado por r às 12:34 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Quinta-feira, 14.05.09

 

 O QUE PRETENDEMOS PARA A AMADORA EM 2030

 

     SE CONSULTAR O SEGUINTE LINK, ENTRARÁ NO PORTAL DA AGENDA XXI DO MUNICÍPIO DA AMADORA.

 
http://www.cm-amadora.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=43050
 
O Portal tem como objectivo dar a conhecer o que é a Agenda 21 Local, divulgar o trabalho desenvolvido pelo Município  e receber os  contributos  dos Munícipes para ajudarem na definição da estratégia de sustentabilidade para o nosso Concelho.
 
O Portal conta ainda com uma série de separadores temáticos, que permitem aprofundar o conhecimento dos visitantes a respeito de uma série de assuntos, tais como, Desenvolvimento Sustentável, Princípios de Sustentabilidade, Agenda XXi Local, Agenda XXI da Amadora, entidades envolvidas, sítios de interesse e Caixa de sugestões.

  

Aconselha-se vivamente uma visita a este novo espaço e contamos com os seus contributos para juntos construirmos uma Amadora cada vez Melhor, mais Sustentável, mais Justa e mais Solidária.
 
RFaria

 


ETIQUETAS:

publicado por r às 17:20 | link do post | comentar

Galardão ECO XXI 2008/2009

A Câmara Municipal da Amadora, na senda da sua política de sustentabilidade do Município da Amadora, foi mais uma vez galardoada com o prémio ambiental – Galardão ECO XXI – atribuído pela Fundação para Educação Ambiental em Portugal – Associação Bandeira Azul da Europa (FEEEPortugal – ABAE), projecto iniciado em 2006.

Este galardão premeia os municípios que, através da sua candidatura voluntária, valorizam todos os aspectos considerados fundamentais para a construção do Desenvolvimento Sustentável.

O objectivo deste prémio é promover as boas práticas de sustentabilidade, indo ao encontro dos princípios da Agenda 21 no seu todo e da Agenda 21 Local na vertente dos municípios, com especial ênfase na vertente da promoção da educação para a sustentabilidade em conjunto com a aferição de outros parâmetros de qualidade ambiental.

Os principais parâmetros do Galardão ECO XXI são os seguintes:

• Sensibilizar os municípios para uma maior integração das preocupações ambientais nas políticas municipais;
• Envolver os municípios no apoio à implementação de programas de Educação Ambiental no âmbito da Agenda 21 Local, assim como o aparecimento dessas mesmas Agendas;
• Motivar os municípios para a importância do seu papel como parceiros e como agentes do processo de educação ambiental formal, não formal e informal;
• Desenvolver acções concertadas com os municípios de (in)formação dirigida a diversos públicos alvo;
• Contribuir para a elaboração de indicadores de sustentabilidade local;
• Reconhecer as iniciativas/políticas em desenvolvimento no concelho, em prol do desenvolvimento sustentável, reforçando e divulgando as boas práticas;
• Contribuir para a prática da Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável.

Num total de 23 indicadores, realce-se que o município da Amadora destacou-se nalguns deles, tendo inclusivamente sido o primeiro município no indicador referente à produção e recolha selectiva de resíduos sólidos urbanos.

Um aspecto que ficou demonstrado neste projecto foi a preocupação de cada um dos municípios concorrentes em aferir e melhorar o percurso de sustentabilidade.

Desta forma, o significado do Galardão é reconhecer o mérito e a “coragem” de cada município em se submeter a esta avaliação externa, enfatizando acima de tudo as boas práticas e os melhores resultados concretos em cada concelho.

Refira-se que para o prémio agora atribuído, concorreram 43 municípios que, pelas sua práticas ambientais se consideravam em condições de serem galardoados com a bandeira verde, tendo a mesma sido entregue a 29 municípios, entre eles o Município da Amadora.

Para mais informações sobre o Projecto Bandeira Verde/ECO XXI – 2008/9, poderá ser consultado o sítio
http://www.abae.pt.
 

RFaria


ETIQUETAS:

publicado por r às 14:56 | link do post | comentar

Terça-feira, 21.04.09

A Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) distinguiu na passada segunda-feira, dia 20 de Abril, em Évora, no Palácio D. Manuel, os 43 municípios que participaram no ECOXXI 2008/09 – Prémio de Boas Práticas de Sustentabilidade. O início da sessão, que contou com a presença do Secretário de Estado do Ordenamento do Território e das Cidades, João Ferrão. 

 

O ECOXXI é um projecto destinado aos municípios que visa distinguir as boas práticas no sentido da sustentabilidade desenvolvidas a nível local, nomeadamente nos aspectos relativos à qualidade ambiental e às práticas de educação para a sustentabilidade.

 

 Inspirado nos objectivos da Agenda 21, procura, através de um sistema de 23 indicadores e diversos sub-indicadores, avaliar diversas vertentes da sustentabilidade desde a gestão de recursos, à informação aos munícipes passando pela energia, mobilidade, floresta, resíduos, conservação da natureza e biodiversidade, turismo, ordenamento do território, qualidade do ar e da água, agricultura sustentável, emprego, etc.

  

Este projecto, desenvolvido e coordenado pela ABAE desde 2005 conta com o apoio de um diversificado conjunto de entidades que validam e avaliam a informação disponibilizada pelos municípios: Agência Portuguesa de Ambiente (APA); Agência para a Energia (ADENE); Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE/Fee); Autoridade Florestal Nacional (AFN); Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR): Norte; Centro; LVT; Alentejo; Algarve; CIDATER - Cooperativa de Ensino e Cultura; Conselho Nacional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CNADS); Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR); Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular - Ministério da Educação (DGIDC-ME); Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG); Direcção Geral do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano (DGOTDU); Direcção Regional do Ambiente dos Açores (SRAM Açores); Direcção Regional do Ambiente da Madeira (DRA Madeira); Instituto da Água (INAG); Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB); Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS); Instituto de Dinâmica e Espaço (IDE); Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP); Instituto Nacional de Estatística (INE); Instituto Português da Qualidade (IPQ); Instituto Regulador de Águas e Resíduos (IRAR); Instituto de Mobilidade e Transportes Terrestres (IMTT); Instituto de Tecnologia Comportamental (INTEC); Sociedade Ponto Verde (SPV); Turismo de Portugal (TP); Universidade de Lisboa - Centro de Estudos Geográficos (CEG-UL); Universidade Nova de Lisboa – Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT-UNL); Universidade do Algarve (UALG).

  

Em 2008/2009, candidataram-se ao ECOXXI 43 municípios - Águeda, Alandroal, Albufeira, Amadora, Angra do Heroísmo, Avis, Beja, Bragança, Caminha, Cantanhede, Cascais, Coimbra, Évora, Faro, Ferreira do Alentejo, Fundão, Gavião, Golegã, Lagos, Lisboa, Loulé, Loures, Lousã, Macedo de Cavaleiros, Maia, Manteigas, Matosinhos, Mealhada, Miranda do Corvo, Olhão, Peniche, Pombal, Portimão, Porto, Póvoa de Varzim, Santo Tirso, Setúbal, Tarouca, Tavira, Torres Novas, Torres Vedras, Trofa, Vila Nova de Gaia.

 

A entrega do galardão ECOXXI 2008/09 visa distinguir os municípios que apresentaram práticas mais sustentáveis durante o período em análise. 67% dos candidatos serão este ano distinguidos com a Bandeira Verde ECOXXI, o que significa que conseguiram pontuar acima dos 50% da pontuação máxima possível deste índice de sustentabilidade.

 

RFaria


ETIQUETAS:

publicado por r às 13:08 | link do post | comentar

Terça-feira, 07.04.09
José Sócrates considerou um grande avanço para o mundo, a abertura que o Presidente dos Estados Unidos demonstrou em cooperar com a Europa na luta contra o aquecimento global.
 
 

Durante a Cimeira União Europeia - Estados Unidos, que decorreu em Praga, José Sócrates considerou que “ a abertura da administração norte-americana para cooperar com a União Europeia é uma grande notícia para o mundo”.

 

Barack Obama defendeu que “ chegou o momento de mudar a forma como utilizamos a energia”

No dia anterior, durante a Cimeira da Nato, em Estrasburgo, José Sócrates já havia elogiado o esforço do Presidente norte-americano na assunção de uma política externa assente no multilateralismo e na parceria.
 

RFaria


ETIQUETAS:

publicado por r às 11:07 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.03.09

 

Aumenta a recolha selectiva de lixo
 
Desde 2005 que a recolha selectiva de lixo (reciclável) tem vindo a aumentar no Município em todos os sectores (  papel/cartão, vidro, embalagens e matéria orgânica).
 
Em termos percentuais verifica-se que, na relação 2005/2008, houve um aumento de 186 por cento para as embalagens, de 35 por cento para o vidro e de 78 por cento para o papel/cartão.
  
Perpectivando o aumento da  quantidade de resíduos colocados para a reciclagem, serão colocados no Município mais 100 ecopontos, no segundo trimestre do corrente ano, fazendo o número de ecopontos  chegar aos 363.
  

Como registo de curiosidade, verifica-se que o aumento da recolha de resíduos orgânicos também é substancialmente maior em relação aos objectivos definidos pela Valorsul para 2008 e para o Município da Amadora, os objectivos eram 1613 toneladas,  a recolha efectuada na Amadora foi de 1966 toneladas.

  
Recolha de lixos alimentares - protocolo com a AMI
  
O município da Amadora vai implantar,  no primeiro semestre deste ano, um projecto de gestão integrada de óleos alimentares usados.
 
Ainda que não exista um sistema de recolha obrigatória de óleos alimentares, vai ser criada uma rede de 50 contentores de grande capacidade para a deposição dos óleos alimentares usados, a colocar maioritariamente em locais públicos.
  
Irão também ser disponibilizados 15 mil recipientes individuais a distribuir pela população.
 
O modelo de gestão de recolha dos óleos alimentares vai ter três vertentes: ambiental, económica e social. Está celebrado já um protocolo de colaboração com uma associação sem fins lucrativos, a AMI ( Fundação de Assistência Médica Internacional), sendo as receitas a obter pela recolha e valorização de cada litro de óleo alimentar entregues à AMI para o desenvolvimento dos seus projectos e causas humanitárias.
 
 

 Para além destas medidas, importa ainda destacar o melhoramento da frota de recolha e limpeza pública;

A constituição da Agenda 21 Local da Amadora;

A recepção pela Autarquia do Galardão ECO XXI 2007/2008; 

E as diversas iniciativas de Educação/sensibilização Ambiental realizadas, principalmente juntos dos Estabelecimentos de educação e ensino...   

 

 

Para ver a reportagem vídeo realizada pela TVAmadora sobre o ambiente clique link que se segue…

http://www.tvamadora.com/Default.aspx?newsid=351

 

 

RFaria


ETIQUETAS:

publicado por r às 16:21 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Terça-feira, 24.03.09
  
José Sócrates defendeu a instalação de Painéis Solares Térmicos no âmbito do Programa de incentivo à utilização de energias renováveis.
   
 

Durante a visita à empresa Energie na Póvoa do Varzim, José Sócrates referiu que " aqueles que decidirem instalar painéis  solares térmicos nas suas casas terão uma comparticipação do Estado no valor de 50% do Investimento".

 

Sócrates defendeu que este tipo de medidas " é fundamental para aumentar o emprego e para dinamizar o sector das Energias Renováveis, mas que também é um excelente contributo para melhorar a eficiência energética no nosso país".

 

O Programa de Incentivo à utilização de Energias Renováveis Solar Térmico consiste  numa solução "chave na mão" que  vai permitir poupar mais de 20% do valor da factura de gás.

 

Além disso, ainda  garante outras condições especiais: possibilidade de financiamento com condições preferenciais, instalação incluída, garantia de manutenção e benefícios fiscais de 30% do custo de investimento.  

 

O governo definiu como objectivo para 2009 a instalação de 250.000 metros quadrados de painéis solares térmicos em mais de 65.000 habitações . 

 

Com este Programa, é esperada a criação de cerca de 2.500 postos de trabalho.

 

Mais sobre o assunto aqui

 

 

 RFaria


ETIQUETAS:

publicado por r às 12:33 | link do post | comentar

ACREDITAMOS NO FUTURO
História do PS
RECEBA NOTIFICAÇÃO DE POST´S E A NEWSLETTER - REGISTE-SE

COLOQUE AQUI O SEU ENDEREÇO DE EMAIL:

Delivered by FeedBurner

LINKS
POST'S RECENTES

QREN - Prioridade à requa...

Recolha Selectiva de Óleo...

A AMADORA JÁ CONTA COM O ...

AMADORA RECEBE DISTINÇÃO ...

AMADORA RECEBE BANDEIRA V...

CIMEIRA UNIÃO EUROPEIA - ...

Pela qualidade ambiental ...

Desconto de 50% na Aquisi...

"Celebrar a Água"

De Bali a Copenhaga

ARQUIVO
ETIQUETAS

25 abril(2)

acessibilidades(1)

acordo troika(1)

amadora(15)

ambiente(13)

apresentação candidatura(2)

autárquicas 2009(13)

autárquicas 2013(3)

balança tecnológica(1)

balanço 2005 - 2009(1)

biblioteca(1)

candidatos(2)

candidatura faul(1)

carla tavares(8)

carla tavares 2013(4)

casamento homossexual(1)

comício(4)

comissão politica(1)

compromisso(1)

comunicação social(1)

concelhia(1)

conferências(1)

congresso faul(1)

congresso nacional(7)

convenção autárquica(3)

cril(2)

cultura(2)

debate parlamentar(3)

defender portugal(2)

demolições(1)

discurso(2)

editorial(1)

educação(7)

eleições(6)

eleições europeias(7)

eleições legislativas 2011(5)

empreendedorismo(3)

emprego(3)

entrevista(3)

equipa municipal(1)

equipamentos(1)

europeias(3)

faul(4)

feliz natal(1)

festa jovem(1)

finanças(1)

formação(3)

fórum(1)

fotos(1)

freguesias(1)

gestão(1)

governo(1)

homenagem(1)

homenagem militantes(1)

integração social(1)

internacional(1)

jantar candidatura(1)

joaquim raposo(6)

joaquim raposo 2010(3)

josé sócrates(3)

juventude(1)

legislativas 2009(3)

lei financiamento partidos(1)

listas(2)

listas 2012(1)

manifesto eleitoral(1)

manuel alegre(1)

marca ps(3)

mensagem(1)

metro(1)

moção(1)

moções(1)

newsletter(1)

newsletter 11(1)

newsletter 12(1)

newsletter 2(1)

newsletter 3(1)

newsletter 4(1)

newsletter 5(1)

newsletter 6(1)

newsletter 8(1)

newsletter 9(1)

opinião(23)

orçamento do estado(1)

partido socialista(2)

política(27)

presidenciais 2011(2)

programa eleitoral(3)

ps(12)

ps amadora(7)

regionalização(2)

requalificação urbana(5)

resultados(2)

smas(2)

social(4)

sócrates 2011(2)

sondagens(11)

tempo antena(3)

tgv(2)

transportes(3)

todas as tags

ESTATUTO EDITORIAL
O BLOGUE “O MELHOR DA AMADORA SÃO SEMPRE AS PESSOAS” PRETENDE SER UM ESPAÇO DE LIVRE OPINIÃO, CRITICO, DE PENSAMENTO E DE DIVULGAÇÃO, NORTEANDO-SE PELO SOCIALISMO DEMOCRÁTICO, CIMENTO IDENTITÁRIO DO PARTIDO SOCIALISTA. O SEU CORPO REDACTORIAL INTEGRA MILITANTES DO PARTIDO SOCIALISTA DA AMADORA E MEMBROS DA SUA COMISSÃO POLÍTICA CONCELHIA. PRETENDEMOS DIVULGAR PENSAMENTO, CRITICA, REFLEXÃO, INFORMAÇÃO, OPINIÃO SOBRE TEMAS INTERNACIONAIS, NACIONAIS, REGIONAIS E LOCAIS. CONVIDAREMOS, SEMPRE QUE O ACHARMOS OPORTUNO E AJUSTADO, MILITANTES, OU NÃO, QUE POSSAM CONTRIBUIR PARA O DEBATE QUE ESTIVERMOS A TRAVAR. OS TEXTOS SERÃO, SEMPRE, ASSINADOS PELOS SEUS AUTORES. OS COMENTÁRIOS SERÃO POSSÍVEIS, E BEM VINDOS, MAS OBEDECERÃO A ALGUNS CRITÉRIOS: 1- OS AUTORES DOS COMENTÁRIOS NUNCA PODERÃO SER ANÓNIMOS; 2- NOS SEUS COMENTÁRIOS NÃO PODERÃO NUNCA UTILIZAR LINGUAGEM OBSCENA, OFENSIVA OU INSULTUOSA; 3- O CONTRADITÓRIO É ACEITÁVEL E DESEJÁVEL; 4- OS COMENTADORES NÃO PODERÃO, INSISTENTEMENTE, REPETIR ARGUMENTOS, OPINIÕES E CRITICAS; 5- OS RESPONSÁVEIS DO BLOGUE COLOCARÃO, SEMPRE, EM ESPERA OS COMENTÁRIOS AOS POSTES, PARA UMA “LEITURA” PRÉVIA, ANTES DE SEREM COLOCADOS ON-LINE; 6- SÓ SERÃO CONSIDERADOS OS COMENTÁRIOS QUE, DIRECTAMENTE, ESTIVEREM RELACIONADOS COM O POSTE PUBLICADO. SEMPRE QUE ALGUM COMENTÁRIO SEJA OBJECTO DE RESPOSTA, SÊ-LO-Á FEITO PELO AUTOR DO POSTE VISADO, SALVO SE A REDACÇÃO DO BLOGUE ENTENDER DE MODO DIVERSO. A REDACÇÃO DO BLOGUE “O MELHOR DA AMADORA SÃO SEMPRE AS PESSOAS”
O NOSSO E-MAIL
p.socialistadaamadora@gmail.com